Mostrando postagens com marcador Mitos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mitos. Mostrar todas as postagens

10 janeiro 2017

Mistérios e Mitos - Enigmas Revelados.


Na nova série do canal History, ENIGMAS REVELADOS, apresentada pelo geólogo forense, Scott Wolter, são revelados segredos insólitos, enterrados nos subsolos do continente americano.
Símbolos antigos, relíquias religiosas e artefatos inexplicáveis nos revelam como as civilizações deixaram sua marca, e que a história como conhecemos, não é necessariamente a mais completa.
Scott realiza análises nas estradas, no solo e nas rochas para descobrir a verdade sobre acontecimentos misteriosos do passado da América.
Como um “Indiana Jones”, ele vai nos conectar com os Cavaleiros Templários, os Vikings e outros antepassados, para que possamos conhecer seu caminho desconhecido pelo novo continente.
Mistérios e Mitos
Continue lendo...

06 outubro 2016

Britânico encontra corpo de "sereia" em praia da Inglaterra

Fotos viralizaram nas redes sociais e despertaram a imaginação dos internautas

corpo de sereia na inglaterra

 

Sereias existem? Muitos internautas estão se fazendo esta pergunta, após o inglês Paul Jones publicar uma séria de fotos tiradas na praia de Great Yarmouth, na Inglaterra, na última segunda-feira.

Nas imagens, que viralizaram no Facebook, é possível ver o que seria a parte superior de um corpo humano, mas com uma cauda de peixe. Foi o suficiente para despertar a imaginação de pessoas do mundo inteiro.

Até a manhã de hoje, as fotos já haviam sido compartilhadas mais de 19 mil vezes, da rede social.

"Meu Deus! Elas são reais", comentou um dos internautas. Outros, no entanto, mais céticos, apostam em algum tipo de brincadeira.

Especialistas ainda não se manifestaram sobre o achado, mas há quem diga que possa se tratar do corpo de uma foca que se decompôs na areia da praia. As informações são do jornal The Sun.

Continue lendo...

23 junho 2016

Atlântida está enterrada sobre o gelo da Antartica. É o que pesquisadores afirmam

#Atlântida

Antártida e Atlantida são duas palavras comumente usadas na mesma frase. Não é um mistério que muitas pessoas acreditam firmemente que Atlantida, de fato, existiu um dia na Terra, e Antartica pode ser apenas o lugar certo onde devemos procurar Atlantida.
 

 
Mas enquanto Platão foi o primeiro a escrever sobre a cidade-continente perdida de Atlântida, é muito importante mencionar que muitas lendas americanas nativas são uma reminiscência do que Platão sustentou no passado distante, reforçando a suspeita de que Atlantida poderia ter realmente existido.
 

 
As lendas dos nativos americanos que vêm de diferentes culturas separadas por grandes distâncias e isoladas umas das outras. No entanto, todas elas contam uma história semelhante de uma civilização que existia no passado distante. Na América Central, essa cultura antiga viveu em Aztlan.
 

 
De acordo com lendas, Aztlan era localizada ao sul, em uma ilha branca e pereceram, sem aviso prévio, como resultado de eventos catastróficos naturais. Muitos pesquisadores afirmam que Aztlan significa "lugar da brancura." É por isso que comumente tem sido ligada a Atlantida e Antarctica, sugerindo que Aztlan poderia ter sido a mítica Atlântida, o lugar mítico localizado ao sul.
 

 
Diz-se que após os eventos catastróficos, os sobreviventes do Atlantida fugiram para diferentes continentes onde sua civilização antiga em última análise, se fundiram com outras pessoas e desapareceu.
 

 
Os céticos vão desacreditar em qualquer teoria que ligue Atlantida com a Antártica principalmente porque a Antarctica de hoje, é um ambiente completamente inóspito e congelado onde as civilizações não poderiam florescer. No entanto, na antiguidade a Antártida foi hospitaleira. Prova disso é um número é mapas enigmáticos e antigos que retratam o continente da Antártida livres de gelo. O gráfico cartográfico mais famoso é, sem dúvida, o famoso mapa de Piri-Reis, elaborado por um almirante que serviu na Marinha do Império Otomano.
 

 
Curiosamente, o mapa de Piri Reis foi baseado em uma série de mapas até mais velhos que rastream com precisão a costa da Antártida sem a camada de gelo que a cobre hoje. Isto indica claramente que quem tinha a tecnologia e a capacidade de examinar o continente da Antártida deve ter feito isso há milhares de anos antes que o continente estivesse congelado.
 

 
Mas como pode um continente situado a sul estar livre do gelo? Bem, acontece que a Antártida não foi sempre localizado onde está hoje. Na verdade, no passado distante, o continente da Antártida não foi localizado no Sul, mas em vez disso em algum lugar entre ele e o equador do planeta. Isto significa que a Antártida era localizada mais ao norte e experimentaram um clima tropical ou temperado, o que significa que estava coberta de florestas, e habitada por várias formas de vida antigas. O que isto significa? Bem ... dado o pouco que sabemos sobre a vida em nosso planeta no passado distante, é provável que as pessoas possam ter vivido neste momento, continente gelado e se desenvolveu como uma sociedade assim como as pessoas fizeram na África, Europa e Ásia.
 

 
Mas como isto foi possível? Graças a uma teoria científica chamada deslocamento da crosta.
 

 
Segundo os estudiosos tradicionais, e a teoria da deriva continental, a crosta do nosso planeta está de fato dividida em várias placas tectônicas que literalmente 'flutuam' sobre uma camada interna , ao longo dos séculos, estas placas lentamente colidem uma contra a outra.
 

 
No entanto, a teoria do deslocamento da crosta que se expande a teoria da deriva continental, aproximadamente a cada 40.000 anos, toda a crosta do nosso planeta muda como uma única unidade. Depois de cada "mudança" todas as massas de terra em nosso planeta, incluindo continentes inteiros são realocados para uma nova posição no planeta.
 

 
Muitos pesquisadores acreditavam que isso aconteceu pela última vez cerca de 10.000 aC e fez com que o continente da Antártida se deslocasse de sua posição perto do equador para a sua posição atual, em cima do pólo sul.
 

 
"Eu ainda acho a ideia de que a Antártida era uma vez florestada absolutamente incompreensível"
 

 
"Tomamos por certo que a Antártida sempre foi um deserto congelado, mas as calotas de gelo só apareceu há relativamente pouco tempo na história geológica", disse Jane Francis, da Universidade de Leeds.
 

 
Hoje, a Antártica é composta por cerca de noventa e oito por cento de gelo, que é mais de um quilômetro de espessura. Então, imagine, se no passado distante, os povos antigos habitaram a Antarctica quando era coberta com vegetação e florestas, toda a sua "herança" está agora enterrada sob uma espessa camada de gelo. Mesmo que seja inabitável hoje.
 

 
Tudo isso aponta para o fato inegável de que em algum momento no passado houve uma civilização extremamente avançada na Terra, com grande conhecimento de navegação, cartografia e astronomia. Seus avanços tecnológicos foram muito à frente de outras culturas que apareceriam depois deles. Esta é a civilização "perdida" , mais definitivamente precedida nossa civilização moderna por dezenas de milhares de anos. E muitas pessoas acreditam firmemente que esta civilização poderia ter sido Atlantida , e as provas de sua existência será encontrada sob as espessas camadas de gelo que atualmente cobrem o continente da Antártida.

-------------------

fonte: semprequestione

Continue lendo...

23 outubro 2015

Seres mitológicos que existiram no mundo real

Dragões, Krakens, Amazonas…A história está cheia de casos improváveis e coisas que parecem ter sido inventadas na mais delirante das imaginações, mas qualquer estudioso de arte ou química sabe como as coisas funcionam quando o assunto é criatividade: “nada se perde, nada se cria, tudo se transforma”, como diria Lavoisier. Isso quer dizer que para tudo que existe metaforicamente, no campo da ficção e da fantasia, existe uma inspiração real. É claro que a inspiração pode ter pouquíssimo a ver com o produto final e acabar sendo quase irreconhecível, mas, dentre esses exemplos que separamos pra você, as referências são bem claras.

1 – Scylla e Charybdis

Na Odisseia, Ulisses se vê confrontado por uma escolha difícil: num estreito oceânico, seu barco precisa ir para a terra. Mas em ambos os lados há monstros sanguinários. De um lado, Scylla, que tem várias cabeças e com elas pode raptar marinheiros do navio de Ulisses. Na outra, Charybdis, um monstro submarino que sugava embarcações para o fundo do mar com um redemoinho. Os lugares existem na vida real, no estreito de Messina, na Itália. De um lado há um redemoinho (sem monstros, até onde se sabe) e do outro rochedos pontiagudos, que inspiraram as várias cabeças de Scylla. No fim, Ulisses escolhe Scylla, pois achava ser melhor perder alguns homens do que a embarcação. Escolha complicada.
seres mitológicos que existiram no mundo real 01

2 – A torre de Babel

Essa mítica construção, que seria a união de todos os povos para construir uma torre tão alta que chegasse ao Céu, ainda pode ser visualizada (apesar de hoje não passar de ruínas). Originalmente, entretanto, era um templo para o deus Marduk, destruído por Alexandre em sua invasão à Babilônia. Seu plano era reconstruir o local de acordo com a própria fé, mas morreu antes que o desejo pudesse ser concretizado. Vários outros povos e governantes seguiram o mesmo desejo, mas, a cada vez que tentavam reconstruir a torre, acabavam por destruí-la mais. No fim, realidade e ficção se confundem e a torre é realmente fruto da falta de cooperação entre os povos.
seres mitológicos que existiram no mundo real 02

3 – Lobos gigantes

Assim como os que aparecem em Game of Thrones, os lobos pré-históricos (ou Dire Wolf, em inglês) são animais muito maiores e mais fortes que os cachorros atuais. Suas presas, como as do tigre-dente-de-sabre, são maiores e mais assustadoras. Entretanto, quando lobos menores foram surgindo, necessitando de menos alimentação, tendo maior agilidade e podendo entrar em tocas de outros animais, o lobo gigante logo virou um aproveitador de caças alheias, como os abutres ou hienas. Precisando de muita alimentação e incapaz de competir com os lobos menores ou com os homens, acabaram sendo extintos.
seres mitológicos que existiram no mundo real 03

4 – Dragões

Sim! Não têm asas e nem cospem fogo, mas é quase isso: uma mordida de um dragão de Komodo, que reside na região homônima, tem tantas bactérias que pode causar uma infecção mortal num intervalo de poucos dias. Não é exatamente fogo, mas provavelmente deve arder bastante. Há também o fato de fósseis de dinossauros serem atribuídos a dragões durante a Idade Média e antes disso, o que explicaria a ideia de dragões serem gigantes.

seres mitológicos que existiram no mundo real 04

5 – Hobbits

Com mais de 12 mil anos de idade, foram encontrados 9 exemplares de crânios com aproximadamente um terço do tamanho de um crânio comum, na Indonésia. Apesar da possibilidade de que fossem apenas anões ou pessoas com problemas de crescimento, a formação óssea leva cientistas a acreditar que essa tenha sido uma espécie à parte, que disputou a evolução com o homem e compartilhou ancestrais conosco, assim como o homem de Neanderthal.

seres mitológicos que existiram no mundo real 05

6 – Amazonas

De acordo com o historiador grego Heródoto, as amazonas nasceram após uma captura de mulheres em massa. Levadas em navios, foram colocadas em cativeiro. Mas acabaram dominando seus sequestradores e tornando-se uma civilização de mulheres guerreiras. A próxima invasão foi a dos Citas, guerreiros iranianos que, percebendo a força e determinação das Amazonas, decidiram propor uma união de povos ao invés de uma guerra. Com isso, casaram-se, mas com uma condição: a tradição de mulheres guerreiras não seria interrompida nas próximas gerações, e sim celebrada e mantida. Para apoiar a história, cabe observar que covas encontradas no local onde teriam vivido tinham uma predominância de mulheres com marcas golpes nos ossos, o que demonstraria que estiveram em batalhas. Além disso, foram enterradas com espadas, adagas, arcos e demais armas de guerreiros, o que indica que a história não é meramente fantasia.

seres mitológicos que existiram no mundo real 06

7 – Imoogi

Esses filhotes de dragão ou serpentes gigantes são comuns na mitologia coreana, que afirma que, antes de se tornarem dragões alados e majestosos, essas cobras enormes passam milhares de anos vivendo em cavernas ou sob a água.  Para nós, brasileiros, é só dizer a palavra “Anaconda” que diversas imagens de cobras como essas vem à mente, certo?
seres mitológicos que existiram no mundo real 07

8 – Moby Dick

A gigante baleia albina e seu nêmesis, o capitão Ahab, realmente existiram. A baleia da vida real, entretanto, chamava-se Mocha Dick, por viver perto da ilha de Mocha. Conhecida por destruir embarcações (já tendo destruído até 3 de uma só vez), foi tratada como um monstro mitológico e caçada pelo Capitão Pollard, na vida real. Entretanto, diferentemente do livro, o segundo barco do capitão também foi naufragado. E ele passou o resto da vida como vigia noturno. Que sem graça.

seres mitológicos que existiram no mundo real 08

9 – Kraken

Esse mítico monstro submarino já foi associado à lulas com mais de dez metros de tamanho e polvos venenosos, mas talvez nenhum animal seja tão compatível com a descrição de demônio do mar quanto a lula da foto abaixo. Além de ventosas, os tentáculos do bicho têm dentes pontiagudos, que devem ajudar a conseguir alimento para esse monstro de 14 metros. Pense nisso quando estiver na praia ou em um cruzeiro.

seres mitológicos que existiram no mundo real 09

10 – Berserkers

Os guerreiros imortais que derrubam exércitos inteiros não são exclusividade dos filmes de Hollywood, e na verdade existem há mais tempo do que Jesus, por exemplo. Um dos primeiros contos acerca desses guerreiros é o de Beowulf, a lenda nórdica de um guerreiro que matou dragões e monstros com uma simples espada. Na vida real, homens sem medo, dor ou hesitação chamavam a atenção nos campos de batalha: seu método era usar drogas alucinógenas, como cogumelos ou o veneno de sapos. Inclusive, cientistas afirmam que a bufotenina, princípio ativo encontrado em anfíbios e em remédios de indústria, pode recriar essas sensações. Não tente isso em casa, por via das dúvidas.

seres mitológicos que existiram no mundo real 10

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
Continue lendo...

Verdadeiros mitos que a ciência difundiu e que até hoje você acreditou

verdadeiros mitos 01

Você é daqueles que acredita em tudo o que lê? Ou é daqueles mais céticos que precisam avaliar e pesquisar as fontes das coisas para estabelecer um veredicto? Provavelmente você vai se encaixar mais na segunda opção, assim como quem vos escreve. Mas vamos tornar esse questionamento mais ‘next level’.

Podemos muito bem testar você com algumas perguntas pertinentes como: “Um raio nunca cai mais de uma vez no mesmo lugar”; O que essa frase em si transparece a você? É real? Ou você acha que é só mais um daqueles dizeres de crendices populares, para justificarem alguma atitude ou traquinagem questionável e não ter o risco de ser pego, ou descoberto?

Essas e muitos outros tópicos vamos apresentar pra vocês logo abaixo. E nós garantimos, alguns deles vão surpreendê-lo! Confira conosco:

1. A única construção visível pelo espaço é a Muralha da China

Em uma visão acima de  aproximadamente 400 quilômetros de altura, alguns tripulantes de experiências espaciais relaram que não era possível ver absolutamente nada, a não ser grandes porções de água e umas manchas nela, representando a superfície terrestre.

2. A água da descarga gira em sentidos diferentes dependendo do hemisfério

verdadeiros mitos 02
Esse é o “Efeito Coriólis”, que cadência qualquer corpo em movimento sobre a superfície terrestre em  mudar seu curso de acordo com o movimento rotacional na Terra, e que de fato faz com que a movimentação das coisas mudem de acordo com a posição acima ou abaixo da linha equatorial que divide o nosso planeta nos dois hemisférios.

Mas isso é pertinente a tudo. Não necessariamente à água, ou a descarga. Tornados e tufões, por exemplo, variam as direções de suas rotações de acordo com cada hemisfério.

3. As Pirâmides do Egito não podem ter sido construídas por seres humanos

verdadeiros mitos 03
Estudiosos de Amsterdã, voltados para a área da arquitetura e arqueologia, recriaram recentemente, possíveis cenários onde imagina-se que era viável a construção das pirâmides do Egito por ação humana, desde que os blocos de concreto estivessem sob algum tipo de aparato (que também poderia ser pertinente aos utilizáveis na época) e levemente úmidos.

4. Humanos tem apenas 5 sentidos

verdadeiros mitos 04

Aristóteles nomeou nossos 5 sentidos básicos, certo? Mas podemos chegar a ter quase vinte deles. Nesse montante podemos destacar os de níveis perceptivos, sinestesia, equilíbrio, entre outros.

5. Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar

 

Quebrem essa concepção, agora mesmo, oras! Assista esse vídeo relatando um dia de tempestade no Empire State Building, um imenso arranha-céus, localizado nos Estados Unidos.

6. Neurônios não podem se regenerar

verdadeiros mitos 05

De acordo com estudos realizados nos anos 90, os neurônios são capazes de se regenerar sim, e atingirem altos níveis de performance. Já podem marcar seus amigos do 4i20 e dar esperanças a eles! HAHAHA!

7. Água conduz eletricidade

verdadeiros mitos 06

Não, meus caros! Não é a água em si, são impurezas e sais contidos nela que são condutores de eletricidade. Ok?

8. Touros detestam o vermelho

verdadeiros mitos 07

Na verdade o touro odeia o movimento abrupto em sua frente, praticado pelo toureiro com aquele pano. Independente da cor.

9. Nunca acorde um sonâmbulo!

verdadeiros mitos 08

Que nada! É a mesma sensação incômoda de acordar qualquer pessoa que esteja em um sono bastante pesado. Causa desconforto, claro, mas não acarreta mal algum. Encaminhe o sonâmbulo até sua cama e boa noite…

10. Fazer esse movimento com a língua é só para pessoas pré-dispostas geneticamente

verdadeiros mitos 09

Isso é falso! A habilidade pode ser adquirida e aperfeiçoada. Estudos que datam até mesmo de épocas longínquas como a década de 40, constataram que a habilidade poderia ser aprendida por 20% das pessoas, e que várias outras conseguiam desenvolvê-las em algum período da vida.

 

Esperamos ter ajudado vocês!

Até mais…

verdadeiros mitos 11

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
Continue lendo...

Mais Populares

 
Copyright © 2016 ORIGINAIS OADM • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top