Mostrando postagens com marcador Religiões. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Religiões. Mostrar todas as postagens

23 abril 2017

ELE VEIO PARA LIBERTAR OS CATIVOS (Livro Completo)

imagem ele veio para libertar os cativos
Apresentação
Meu primeiro contato com este livro se deu há mais de cinco anos, quando me veio às mãos na língua original. Lembro-me bem da oração que fiz naquela ocasião, pedindo a Deus que o tornasse disponível em nossa língua.
Interesso-me pelo tema do livro desde 1980, quando tive minha primeira experiência com manifestação de demônios. Não me saí muito bem. Foi um encontro difícil, frustrante. Meu pai, que também é pastor, experiente, me advertiu: “Filho, parte de nossa vitória consiste em não ignorarmos os ardis do inimigo”.

Após essa experiência dolorosa, comecei a ler, pesquisar e estudar tudo que encontrava sobre o assunto; mas naquela época não havia muita coisa de peso sobre o ministério de libertação. Vendo meu interesse, meu pai encaminhou-me à casa de um amigo seu, o Pr. Almir Guimarães, da Rocinha, Rio de Janeiro. Dele recebi orientação preciosa e de grande utilidade prática. Aprofundei-me no assunto e ainda hoje leio o que de melhor surge nas livrarias evangélicas sobre anjos, libertação, satanismo, etc.

A Dra. Rebecca Brown foi muito abençoada com a inspiração espiritual para este livro. Foi também muito corajosa em escrevê-lo, e isso muito mais pelo risco de se expor, como o fez, perante o povo evangélico, do que pela possibilidade de reação hostil por parte dos demônios — o Senhor Jesus os venceu a todos. Sei muito bem o quanto custa tomar uma posição dessa natureza e por isso entendo que a coragem desse ato confere a este livro nova dimensão e valor.

Ao contrário dos espíritas, nós, evangélicos, temos poucos registros de nossas experiências nessa área. É uma pena. A troca de informações é valiosíssima para o desenvolvimento de nossas habilidades espirituais, pois nossa vivência cristã pode ser muito enriquecida com as experiências de outros irmãos.

Fui tremendamente abençoado com a leitura deste livro. De tanto falar dele para tanta gente, acabei me envolvendo com o preparo desta edição. Por isso mesmo, é com enorme satisfação que o recomendo, primeiro aos pastores, meus colegas de ministério, e aos seminaristas, futuros obreiros que deverão se
apresentar preparados! Também recomendo sua leitura aos guerreiros e guerreiras que crêem na vida abundante, na vida plena de vitória sobre o maligno. Vale a pena! Que Deus abençoe a cada um de vocês.

Pr. Ciro Otávio
Igreja Batista da Floresta
Belo Horizonte
Atenção!
SATANÁS NÃO QUER QUE VOCÊ LEIA ESTE LIVRO! O quê o torna um dos livros mais difíceis que você já tentou ler.
“Pai celestial peço-te que protejas o nosso leitor dando-lhe entendimento exato de tudo o que nos direcionastes a dizer. Peço e agradeço no precioso nome de teu filho Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, amém.”
O propósito deste material é mostrar como Satanás e seus demônios atuam no mundo, e como você poderá, de modo eficaz lutar contra eles, libertando-se da escravidão.
Satanás fará tudo para impedi-lo de ler. Tentará impor sonolência, confusões, interrupções constantes e muitas outras coisas. Sendo que, o medo é uma de suas maiores armas, ele a usará para intimidá-lo. Será preciso chamar o nome de Jesus para afastá-lo. Não deixe de orar e pedir ao Senhor cobertura para o quê irá ler.
Minha profunda gratidão é primeiro atribuída a Deus e depois à Elaine. Não seria possível escrever este livro sem as informações cedidas por ela e sem a força, orientação e estímulo vindos do Senhor. Do mesmo jeito que Elaine me narrou sua vida eu a escrevi. É claro que não posso documentar tudo nessa narrativa. Porém, ela não é única. Existem tantas outras que saíram do reino de Satanás e dão testemunhos parecidos. Todos os nomes foram mudados para proteger as pessoas envolvidas na estória. Oramos fervorosamente para que o Senhor Jesus Cristo abençoe você tão logo comece a ler as páginas que se seguem.

“Indo para Nazaré, onde fora criado, entrou, num sábado, na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito: O Espírito do Senhor está sobre mim pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor. Tendo fechado o livro, devolveu-o ao assistente e sentou-se; e todos na sinagoga tinham os olhos fitos nele. Então, passou Jesus a dizer-lhes: Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir.” (Lucas 4.16-21).
ELE VEIO PARA LIBERTAR OS CATIVOS!

Leia o Livro no link a seguir:

https://drive.google.com/file/d/0BwH9yvSF-3QIUlFkYm9LSVRTdGc/view?usp=sharing


imagem alguns são tão pobres que não tem nada alem do dinheiro
Continue lendo...

21 abril 2017

Exorcismo, O caso Emily Rose (Este não e um caso isolado)



Historia de Emily Rose

Anneliese Michael, foi uma jovem alemã que viveu com sua família católica na região de Klingenberg am Main (Alemanha), Anneliese  acreditava ter sido possuída por uma legião de demônios, sendo eles: Caim, Nero, Belial, Lúcifer, Hitler, Fleischmann , esse demônios são retratados no filme e sua autenticidade bastante questionável, tendo sido submetida a uma intensa série de sessões de exorcismo pelos padres Ernest Alt e Arnold Renz em1975 e 1976. 

O Caso Klingenberg, como passou a ser conhecido pelo grande público, deu origem a vários estudos e pesquisas, tanto de natureza teológica quanto científica, e serviu como inspiração para o filme O Exorcismo de Emily Rose.

Tratamento psiquiátrico
Anneliese começou a ter alucinações enquanto rezava. 
Ela também começou a ouvir vozes, que lhe diziam que ela era amaldiçoada. 
Em 1973, Anneliese estava sofrendo de depressão e considerando suicídio. 
O seu comportamento tornou-se cada vez mais bizarro.
O exorcismo
No verão de 1973, os pais de Anneliese foram até a paróquia local solicitando aos religiosos que submetessem a sua filha ao ritual de exorcismo. 
A princípio, o pedido foi negado, uma vez que a doutrina da Igreja Católica com respeito a essas práticas é muito restrita. 
Segundo a Igreja, dentre outras coisas, os possuídos devem ser capazes de falar línguas que nunca tenham estudado, manifestar poderes sobre naturais e mostrar grande aversão aos símbolos religiosos cristãos.
Algum tempo depois, o padre Ernst Alt, considerado um perito no assunto, conclui que Anneliese já reunia as condições suficientes para a realização do exorcismo, de acordo com os procedimentos prescritos no Rituale Romanum.
A Virgem Maria e Anneliese
Durante o tratamento, em um sonho Anneliese caminhou até o jardim e avistou uma imagem que ela dizia ser a Virgem Maria, na história ela teria recebido uma proposta da Virgem Maria, ela teria opção de se libertar dos demônios que possuiam o corpo dela, ou enfrentar seu destino e perder a vida.


Anneliese optou pelo martírio voluntário, alegando que seu exemplo enquanto possessa serviria de aviso a toda a humanidade de que o diabo existe e que nos ronda a todos, e que trabalhar pela própria salvação deve ser uma meta sempre presente. Ela afirmava que muitas pessoas diziam que Deus está morto, que haviam perdido a fé, então ela, com seu exemplo, lhes mostraria que o demônio age, e independe da fé das pessoas para isso.
Falecimento
Em 1 de julho de 1976, no dia em que Anneliese teria predito sua liberação, morreu enquanto dormia. À meia-noite, segundo o que afirmou, os demônios finalmente a deixaram e ela parou de ter convulsões. Anneliese foi dormir exausta, mas em paz, e nunca mais acordou, falecendo aos 23 anos de idade. A autópsia considerou o seu estado avançado de desnutrição e desidratação como a causa de sua morte por falência múltipla dos órgãos. Nesse dia, o seu corpo pesava pouco mais de trinta quilos.
Julgamento
Logo após  a morte de Anneliese, os padres Ernest Alt e Arnold Renz comunicaram a morte às autoridades locais que, imediatamente, abriram inquérito e procederam às investigações preliminares.

Os promotores públicos responsabilizaram os dois padres e os pais de Anneliese de homicídio causado por negligência médica. O bispo Josef Stangl, embora tivesse dado a autorização para o exorcismo, não foi indiciado pela promotoria em virtude de sua idade avançada e seu estado de saúde debilitado, vindo a falecer em 1979. Josef Stangl foi quem consagrou bispo o padre Joseph Ratzinger, que no futuro se tornaria o Papa Bento XVI.https://lh4.googleusercontent.com/_eRTOIs-bEAo/TbB--vt5ASI/AAAAAAAAD_g/7JCVLAFo06E/emilysss.png
O julgamento do processo, que passou a ser denominado como o Caso Klingenberg (em alemão: Fall Klingenberg), iniciou-se em 30 de março de 1978 e despertou grande interesse da opinião pública alemã. Perante o tribunal, os médicos afirmaram que a jovem não estava possuída, muito embora o Dr. Richard Roth, ao qual foi solicitado auxílio médico pelo padre Ernest Alt, teria feito a afirmação à época que não havia medicação eficaz contra a ação de forças demoníacas.
Segundo Elbson do Carmo, após a morte  de Anneliese,  “seus pais foram indiciados por homicídio culposo e omissão de socorro, e os dois padres exorcistas Ernst Alt e Arnold Renz sofreram as mesmas acusações.

Na visão cética

Acredita-se que  Anneliese se tratava apenas de uma moça com surtos de esquizofrenia, psicose e epilepsia, mas admitem que nem todos os sintomas que a moça tem são previstos.


O Exorcismo de Emily Rose (Título original em inglês: The Exorcism of Emily Rose) é um filme estadunidense de terror, lançado em 2005, baseado em um caso verídico ocorrido em Leiblfing, Alemanha, com Anneliese Michel, uma jovem católica que acreditava ter sido possuída por, pelo menos, seis demônios, tendo sido submetida a uma intensa série de sessões de exorcismo.

É considerado o primeiro filme do gênero terror e tribunal da história do cinema. Os nomes reais foram trocados, com a localização da narrativa mudada para osEstados Unidos.
O Filme é baseado em fatos reais.






(áudio original do exorcismo)

Legado




Em 1999, na cidade do Vaticano, o Cardeal Jorge Medina Estevez apresentou aos jornalistas a nova versão do Rituale Romanum, que vinha sendo usado pela Igreja Católica desde 1614. 

A nova versão, escrita em latim em 84 páginas com encadernação de couro carmim, veio depois de mais de dez anos de estudos e é denominada De exorcismis et supplicationibus quibusdam (em português: "De todos os gêneros de exorcismos e súplicas"). 

O Cardeal Estevez afirmou, durante a divulgação do rito reformado, que "a existência do demônio não é um ponto de vista, algo no qual se possa decidir acreditar ou não". 

O Papa João Paulo II aprovou o novo rito de exorcismo que agora é adotado em todo o mundo católico. 
 
Segundo o Cardeal Jacques Martin, ex-administrador da Casa Pontifícia, em seu livro My Six Popes, o próprio Papa João Paulo II teria realizado um exorcismo em 1982, expulsando um demônio de uma mulher italiana que lhe fora trazida contorcendo-se, gritando e lançando-se ao chão. 

O Papa João Paulo II teria ministrado ainda dois outros exorcismos durante o seu pontificado. 
 
Nos dias atuais, o túmulo de Anneliese Michel em Klingenberg am Main tornou-se um local de peregrinação para os cristãos que a consideram uma devota que experimentou extremos sacrifícios em um martírio voluntário para possibilitar a salvação espiritual de muitos.

 
Depois de uma missa dominical, ao lado do padre Bob Meets, Anna, a mãe de Anneliese, fez recentemente uma de suas poucas e breves declarações a imprensa: – “Não me arrependo do que fizemos, era o que tínhamos para combater aquele mal”. Apesar de ser um bom filme, “O Exorcismo de Emily Rose” desvia-se da verdadeira história de Anneliese.



Nos dias atuais, o túmulo de Anneliese Michel em Klingenberg am Main tornou-se um local de peregrinação para os cristãos que a consideram uma devota que experimentou extremos sacrifícios em um martírio voluntário para possibilitar a salvação espiritual de muitos.


Outros Casos de possessão e Exorcismo 

Clara Germana Cele: 

Fez um pacto com Satã em 1906. A jovem sul-africana contou sobre o acordo a um padre durante uma confissão. Quando estava “possuída” ela falava línguas que não conhecia e gritava de uma forma que assustava todos os que presenciaram. Sua voz não parecia de nenhuma pessoa ou animal conhecido. Pessoas que estavam presentes afirmaram ter visto a moça levitar vertical e horizontalmente.

 O ritual de exorcismo realizado por dois padres não foi nada tranquilo. Ela estava muito violenta, tanto que tomou a Bíblia da mão de um deles e tentou fazê-lo engolir o livro. O ritual foi considerado um sucesso e o demônio foi supostamente expulso do corpo de Clara.

Michael Taylor: 

Era um membro respeitável de uma irmandade cristã. Seu comportamento começou a mudar até um dia ele agredir verbalmente a líder do grupo. Michael admitiu que havia sentido o mal dentro dele. Seu comportamento foi piorando cada vez mais até que um dia os vigários locais tentaram curá-lo através de métodos cristãos de exorcismo. 

Depois de horas tentando ajudá-lo sem sucesso eles desistiram e mandaram Michael para casa. Ao chegar a sua residência ele matou sua esposa e seu cachorro. Quando foi encontrado ele estava completamente nú e coberto de sangue.

Robbie Mannheim:



Começou a ter problemas quando ainda era um garoto e foi passar uma noite na casa de sua avó. Ele ouviu sons estranhos e uma gravura de Jesus pregada na parede começou a tremer. Onze dias depois sua tia, a quem ele era muito apegado, morreu deixando o garoto desolado.

Em seu desespero ele tentou contatar sua tia no mundo dos mortos, o que lhe causou vários problemas e deu início ao pretenso caso de possessão. Inicialmente ele foi examinado por médicos e psiquiatras, mas nenhum resultado concreto foi obtido.  Foi então que sua família procurou o reverendo Luther Miles Schluze, que passou uma noite com Robbie para examinar seu caso.

Durante aquela noite o reverendo percebeu que vários objetos se moveram pelo quarto enquanto Robbie dormia. Ele foi levado ao reverendo William S. Bowdernm, que passou dois meses tratando o garoto em uma terapia que incluiu 30 rituais de exorcismo, o que o devolveu à normalidade. O caso de Robbie ficou muito famoso e inspirou o romance O Exorcista, de William Peter Blatty, que foi adaptado para o cinema e se tornou um clássico do terror.

George Lutkins:


Era um costureiro inglês que ficou conhecido por ter sido possuído por demônios. Tudo começou quando seu vizinho pediu ao pastor local para ajudar George, pois ele cantava músicas estranhas durante a noite e às vezes utilizando vozes que não soavam como a sua.

 O próprio costureiro confirmou que estava possuído por sete demônios e que precisaria de sete exorcismos para ser curado. Vários exorcistas tentaram ajudá-lo, mas somente após um ritual em 1778 aparentemente George estava livre de seu tormento, passando a viver uma vida tranquila.


Possessão demoníaca



O aprisionador controle e influência sobre uma pessoa por parte dum invisível espírito iníquo. Nos tempos bíblicos, os endemoninhados eram afligidos de várias maneiras: alguns ficavam mudos, outros cegos, outros agiam como lunáticos e outros possuíam força sobre-humana. Todos eram horrivelmente maltratados por estes tiranos invisíveis. (Mt 9:32; 12:22; 17:15; Mr 5:3-5; Lu 8:29; 9:42; 11:14; At 19:16) Suas vítimas incluíam homens, mulheres e crianças. (Mt 15:22; Mr 5:2) A agonia às vezes era maior quando muitos demônios se apoderavam da mesma pessoa ao mesmo tempo. (Lu 8:2, 30) Quando o demônio era expulso, a pessoa recobrava seu estado mental normal e sadio. Há uma diferença entre a possessão demoníaca e a doença física comum, pois Jesus curou ambos os tipos de distúrbios. — Mt 8:16; 17:18; Mr 1:32, 34.



Alguns dos maiores milagres de Jesus relacionavam-se com a libertação de pessoas possessas do cativeiro aos demônios. Estes eram impotentes diante dele. Mas, nem todos se alegravam com a sua obra de expulsar demônios. Os fariseus acusaram-no de estar mancomunado com o governante dos demônios, Belzebu, quando, na verdade, como Jesus indicou, eles mesmos eram a descendência do Diabo. (Mt 9:34; 12:24; Mr 3:22; Lu 11:15; Jo 7:20; 8:44, 48-52) Jesus sabia qual era a fonte do poder que lhe dava domínio sobre os demônios, e admitiu abertamente que se tratava do espírito de Jeová. (Mt 12:28; Lu 8:39; 11:20) Os próprios demônios reconheciam a identidade de Jesus e dirigiam-se a ele como o “Filho de Deus”, “o Santo de Deus” e “Jesus, Filho do Deus Altíssimo”. (Mt 8:29; Mr 1:24; 3:11; 5:7; Lu 4:34, 41; At 19:15; Tg 2:19) No entanto, em nenhum momento Jesus permitiu que testemunhassem em seu favor. (Mr 3:12) Por outro lado, certo homem que fora libertado do poder dos demônios foi incentivado a declarar a seus parentes ‘todas as coisas que Jeová fizera por ele’. — Mr 5:18-20.


Jesus deu também a seus 12 apóstolos autoridade sobre os demônios e, mais tarde, aos 70 que ele enviou, de modo que, em nome de Jesus, estes também puderam curar os possessos de demônios. (Mt 10:8; Mr 3:15; 6:13; Lu 9:1; 10:17) Até mesmo certa pessoa que não era associado íntimo de Jesus ou de seus apóstolos conseguiu exorcismar um demônio à base do nome de Jesus. (Mr 9:38-40; Lu 9:49, 50) Depois da morte de Jesus, os apóstolos continuaram a ter este poder. Paulo expulsou um “demônio de adivinhação” duma jovem escrava, para grande ira de seus donos amantes do dinheiro. (At 16:16-19) Mas, quando certos impostores, os sete filhos do sacerdote Ceva, tentaram expulsar um demônio em nome de ‘Jesus, a quem Paulo pregava’, o homem possesso de demônio agarrou os sete e espancou-os duramente, deixando-os nus. — At 19:13-16.

Não raro, a conduta bravia e incontrolável de pessoas mentalmente desequilibradas deve-se à possessão por parte desses lacaios invisíveis de Satanás. Vez por outra relata-se que médiuns espíritas expulsam estes demônios; isto faz lembrar o que Jesus disse: “Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não . . . expulsamos demônios em teu nome . . .?’ Contudo, eu lhes confessarei então: Nunca vos conheci!” (Mt 7:22, 23) Imperiosos motivos, portanto, para acatarmos o conselho: “Sede vigilantes”, e: “Revesti-vos da armadura completa de Deus, para que vos possais manter firmes contra as maquinações do Diabo” e seus demônios. — 1Pe 5:8; Ef 6:11.




A seguir você pode conferir quatro casos aterrorizantes de supostas possessões demoníacas — as quais algumas se transformaram em títulos cinematográficos 1 – Julia Fonte da imagem: Reprodução/trutv É muito raro que episódios de possessão sejam descritos por cientistas, já que normalmente são encarados como resultado de problemas mentais ou simples fraudes. No entanto, em 2008,...




Atualização :


Possessão demoníaca - Controle e influência sobre uma pessoa



Assuntos Relacionados:


06 Ago 2012
Possessão Demoníaca - O que fazer diante destes casos! 6/08/2012 06:36:00 AM JHERO BRASIL No comments · efesios6-11-12. Na verdade estamos todos envolvidos em uma terrível e amarga guerra espiritual. Guerra esta que se iniciou ...

08 Set 2012
Exorcismo Possessão Fenomenos Naturais Filmes Series Geologia Guerras Homossexualismo Idolatria Illuminati Maçons Templarios Jogos Livros Mensagens Midia Mistérios Lendas e Hoax NASA ONU Neurolingüistica Noticias Originais ...

13 Abr 2012
Possessão é o estado ou condição em que o corpo e (ou) a mente de um indivíduo são supostamente possuídos ou dominados por uma entidade (um ser, força, ou divindade) que lhes é externa, ou que não se manifesta habitualmente nas ...

16 Abr 2012
Possessão é o estado ou condição em que o corpo e (ou) a mente de um indivíduo são supostamente possuídos ou dominados por uma entidade (um ser, força, ou divindade) que lhes é externa, ou que não se manifesta ...






Continue lendo...

15 abril 2017

Objetos trazem Maldições e possessões, livre-se de tudo que veio de pessoas suspeitas



1. IMAGENS DE IDOLATRIA

“ E de tudo o que vos tenho dito guardai-vos: e do nome de outros deuses nem vos lembreis, nem se ouça da vossa boca. (Êxodo 23:13) 
Se você tem estátuas de Buda e outros deuses orientais, Máscaras Africanas, Deuses gregos, Dragões, Pinturas de templos pagãos, Nudismo, Pinturas satânicas, Mesquitas muçulmanas, Santos Católicos, isso são coisas que não agradam a Deus.

Grande parte dos Santos Católicos são adaptações de deuses pagãos ao catolicismo e são cultos dos quais o cristão se deve afastar.

2. LIVROS FILMES E REVISTAS DE OCULTISMO E “NEW AGE”

Se você tem em seu poder livros, filmes ou revistas que glorificam ao diabo livre-se disso!

Enciclopédias de Ciências ocultas, livros sobre magia, o livro de São Cipriano, Livros sobre reencarnação, Rosa Cruz, Mormóns, Hare Krishna, livros de Astrologia, filmes de pornografia, de Karaté, de terror, queime tudo isso.

A Bíblia mostra que essa foi a prática da Igreja Primitiva: “muitos dos que praticaram artes mágicas trouxeram os seus livros, e os queimaram na presença de todos,e, feita a conta o seu preço montava a cinqüenta mil moedas de prata” (Atos 19:19)

3. FESTAS PAGÃS E RITUAIS PROIBIDOS

O Carnaval, Halloween, as festas do “Espírito Santo”, Festas de Santos Padroeiros são coisas que o cristão não deve praticar nem deve deixar que os seus filhos se envolvam.

Corte amizades com as pessoas que o tentam a envolver-se nestas práticas.
Se você quer mesmo ir para o Céu deve fazer o que Deus diz e não aquilo que o diabo quer que você faça! “mas quanto aos tímidos (em falar de Jesus), e aos descrentes, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos devassos, E AOS FEITICEIROS, E AOS IDÓLATRAS, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e ênxofre; o que é a segunda morte (Apocalipse 21:8)
Continue lendo...

04 abril 2017

ILLUMINATI: ORDEM DOS ASSASSINOS MUÇULMANOS

ORDEM DOS ASSASSINOS MUÇULMANOS
Ordem de Assassinos (Arábico:[1] حشاشين ashāshīn ou باطنیان Bāteniān) foi
uma seita fundada no século XI por Hassan ibn Sabbah, conhecido como O Velho da Montanha. Seu fundador criou a seita com o objetivo de difundir nova corrente do ismaelismo, que ele mesmo havia criado. Sua sede era uma fortaleza situada na região de Alamut, no Irã.
A fama do grupo se alastrou até o mundo cristão, que ficou surpreso com a fidelidade de seus membros, mais até que com sua ferocidade. Seu líder possuía cerca de 60 mil seguidores, segundo alguns relatos da época especulavam. Para Bernard Lewis, autor de Os Assassinos, haveria um evidente paralelo entre essa seita e o comportamento extremista islâmico, assim como o ataque suicida como demonstração de fé.
O ismaelismo é uma das correntes do esoterismo islâmico, que se enquadra no Islão Xiita.
Etimologia
O termo viria de “Assass” – ou seja, “os fundamentos” da fé islâmica. Mas muitas são as versões sobre essa nomenclatura, como nome da seita teria dado origem às palavras “assassino” e outras semelhantes em várias línguas europeias. Desde Marco Polo, que se acredita que o termo provém de “haxixe“, ou que o nome da erva haxixetem origem no ato de “haschichiyun“, que significa “fumador de haxixe“.
Algumas fontes cristãs medievais relatam que os Assassinos teriam por hábito consumir esta substância antes de perpetrarem os seus ataques, induzindo-lhes a visão do Paraíso. Contudo, as fontes ismaelitas não fazem referência a qualquer prática deste tipo, sendo esta lenda resultado de relatos de Marco Polo e de outros viajantes europeus no Médio Oriente.
No entanto, Amin Malouf afirma que a verdade é diferente. De acordo com textos que chegaram até nós a partir de Alamut, Hassan-i Sabbah gostava de chamar seus discípulos de Asasiyun, ou seja, pessoas que são fiéis à Asas, que significa “fundação” da fé. Esta é a palavra, mal compreendida pelos viajantes estrangeiros, que parecia semelhante ao ‘haxixe’ “.
O método dos Assassinos Muçulmanos
Apesar de andarem uniformizados na fortaleza de Alamut com trajes brancos e um cordão vermelho em volta da cintura, quando recebiam uma missão, camuflavam-se. Preferiam se misturar aos mendigos das cidades da Síria, da Mesopotâmia, do Egito e da Palestina para não despertarem a atenção. No meio da multidão urbana, eles levavam uma vida comum para não atrair suspeitas, até que um emissário lhes trazia a ordem para atacar.
Geralmente, eles aproximavam-se da sua vítima em número de três. Se por acaso dois punhais, lâminas ocultas nas mangas ou espadas fracassasse, haveria ainda um terceiro a completar o serviço. Atuavam em qualquer lugar – nos mercados, nas ruas estreitas, dentro dos palácios e até mesmo no silêncio das mesquitas, lugar por eles escolhido em razão das vítimas estarem ali entregues à oração e com a guarda relaxada. Até o grande sultão Saladino, seu inimigo de morte, eles chegaram a assustar, deixando um punhal com um bilhete ameaçador em cima da sua alcova.
Origens
Os Assassinos resultaram de uma disputa sucessória no Califado Fatímida, uma dinastia xiita que governou o Norte da África e o Egito nos séculos X e XI. Após a morte do califa fatímida al-Mustansir em 1094,Hassan ibn Sabbah recusou-se a reconhecer o novo califa, al-Musta’li, decidindo apoiar o irmão mais velho deste, Nizar.
Em 1090, Hassan e os seus partidários já tinham capturado a fortaleza de Alamut, situada perto da atual cidade iraniana de Teerão. Esta fortaleza serviu como centro de operações, a partir da qual Hassan comandava a realização de ataques nos territórios que são hoje o Iraque e o Irão.
A partir do século XII, os Assassinos começam a atacar a Síria, tendo tomado vários castelos situados nas montanhas de An-Nusayriyah. Um desses castelos foi Masyaf, a partir do qual Rashid ad-Din as-Sinangovernou de forma praticamente independente em relação a Alamut.
Após a destruição da base de Alamut em 1256 os Hashashins sobreviventes se refugiaram na Europa e, mantendo-se ocultos, puderam manter viva a ordem. Há vestígios de que os Hashashins tenham atuado em várias guerras, sendo peça chave em grandes vitórias, como na conquista de Constantinopla em 1453.
O sultão Maomé II teria contratado assassinos para se infiltrarem e se misturarem com o povo em Constantinopla colhendo informações, espalhando boatos falsos e assassinando os principais comandantes. Há indícios de que eram apenas cinco homens e uma mulher liderados por Hassan Abn Sur. Um ismaelita por influencia de seu pai, mas que também tinha em suas veias o sangue latino de sua mãe, e ainda era noivo de uma europeia (Sophie Chermont) sendo muita vezes questionado por seus seguidores: de que lado ele estará no momento certo?
SAIBA TA NA NET REVELANDO VERDADES OCULTAS

Portanto, se alguém de vós tiver falta de sabedoria, persista ele em pedi-la a Deus, pois ele dá generosamente a todos, e sem censurar; e ser-lhe-á dada. 6 Mas, persista ele em pedir com fé, em nada duvidando, pois quem duvida é semelhante a uma onda do mar, impelida pelo vento e agitada. 7 De fato, não suponha tal homem que há de receber algo de Deus; 8 ele é homem indeciso, instável em todos os seus caminhos Tiago 1:5-8


Continue lendo...

ILLUMINATI: OS FAMOSOS E SEUS GOSTOS PELO OCULTISMO

Los famosos y su gusto por lo oculto

perrybeyoncegagagetty
Parece costumbre que, en cada generación de artistas prominentes, surjan nuevas figuras acusadas de hablarse de tú con el chamuco. Las estrellas que han sido señaladas por periodistas, investigadores y varios amantes de las teorías de la conspiración, son las que invaden estaciones de radio y canales musicales con hits pegajosos como Lady Gaga, Beyonce, Katy Perry y —por tercera década consecutiva— la todavía reina del pop, Madonna. 

¿Qué argumentos utilizan sus inquisidores para acusarlas de poco menos que brujas? Según los que saben —o dicen saber de estas cosas— todas nuestras estrellas del pop sirven a una orden ocultista de la que muchos ya hemos escuchado hablar en películas, programas de televisión y libros, conocida como La Orden de los Illuminati. Sí, los mismos que desde hace año sueñan con dominar el mundo y quienes controlan las carreras de estas cantantes para que, a través de su música y videoclips, envíen mensajes ocultos a sus desprotegidos fanáticos adolescentes.

Pruebas de un supuesto servilismo y adoración por lo oculto tenemos de sobra. Casualmente, todas han sentido atracción por la más oscura simbología egipcia que está íntimamente ligada a los Illuminati.
Katy Perry en el videoclip de su rola Dark Horse reprodujo a una emperatriz egipcia y en su presentación en los Grammy 2014, donde para los ojos de muchos, como el analista de medios Mark Dice, realizó todo un ritual de brujería.

Madonna específicamente en la presentación del medio tiempo del Superbowl 46 —se dijo— recreó todo un ritual ocultista con simbología masónica, elementos esotéricos egipcios, e incluso, representó a Baphomet, la máxima deidad Illuminati.

Lady Gaga a través de videos como Poker Face o Bad Romance recreó “El ojo que todo lo ve” o “El ojo de Horus”, uno de los máximos estandartes Illuminati, que simboliza la presencia de esta sociedad secreta en nuestro mundo.

Beyonce en presentaciones en vivo insiste en hacer triángulos con las manos, a modo de veneración a esta sociedad secreta como en la portada del álbum I am… Sasha Fierce, donde algunos vieron un pentagrama dibujado en su torso que representa, una vez más, la cabeza de la deidad Baphomet.

Cruz, cruz, que se vaya el diablo y que venga Jesús.
Hay que admitirlo, muchas de las acusaciones hacia estas cantantes por su gusto por lo oculto suenan convincentes, pero ¿y si todo se trata de simples figuraciones y en realidad estamos viendo una campaña de publicidad bien orquestada?

Seamos serios, los gringos son expertos en publicitar cuanto producto generan y estas estrellas de la música son uno más que merece ser vendido con las más exigentes estrategias de mercadotecnia. Por ello, no sería descabellado pensar que, quizá, todo se trate de una afrenta a los conspiranoicos que, en su afán por desenmascarar a los servidores de satán, generan mayor publicidad a estas cantantes y con ello mayores ventas.

Sin embargo, la cosa se pone seria cuando descubrimos que algunos famosos como el esposo de Beyonce, Jay- Z, el exguitarrista de Led Zeppelin, Jimmy Page, o la ya desaparecida presentadora de televisión británica Peaches Geldof, han sido acusados de pertenecer a una secta conocida por el acrónimo O.T.O., que significa Ordo Templi Orientis, o lo que traducido al cristiano quiere decir Orden del Templo Oriental.

Esta secta, fundada a principios del siglo XX en Inglaterra por el ocultista Aleister Crowley, ha sido señalada por practicar rituales satánicos, protagonizados por sesiones de sexo sadomasoquista y el consumo de drogas como opio, cocaína y heroína.

¿Qué pruebas tienen los conspiranoicos de la participación de estas estrellas en dicha secta? En el caso de Jimmy Page la adquisición de una residencia ubicada en Escocia donde —se sabe— fue criado Aleister Crowley, líder espiritual de la secta.

Con Jay-Z han señalado que su marca de ropa Rocawear contiene diversos símbolos masónicos incluyendo el de O.T.O., lo cual sí ha hecho, pero más a manera de burla. Y en el caso de Peaches Geldof, un tatuaje con las siglas de la secta dentro de un corazón fueron su principal delator.

Ya sea por simple mercadotecnia o por formar parte de sociedades secretas con adoración por lo desconocido, lo cierto es que los gustitos de algunos famosos ya dan miedo.

OS FAMOSOS E SEUS GOSTOS PELO OCULTISMO

Continue lendo...

03 abril 2017

Maias Profetizaram a Onda de Calor que esta ocorrendo, vejam!

2012 As 7 profecias maias 
A terceira profecia diz que uma onda de calor aumentará a temperatura do planeta provocando mudanças climáticas, geológicas e sociais de magnitudes sem precedentes e a uma velocidade assombrosa.

Os Maias disseram que esse aquecimento se dará por vários factores. Alguns deles pelo ser humano que por sua falta de sincronismo com a Natureza só poderá produzir processos de auto-destruição. 

Outros factores serão gerados pelo sol, que ao acelerar sua actividade pelo aumento da sua vibração, produzindo mais irradiação aumentando a temperatura do planeta.

Cada um de nós, de uma forma ou de outra, ajudamos a desflorestar o planeta ou a contaminá-lo. Com nossos automóveis, com nossos consumos excessivos levando a mais exploração aos recursos naturais do planeta e produzindo lixo de todo o género. 

Contribuímos assim para que o clima do planeta volte-se contra nós. As mudanças já estão acontecendo, mas como estão acontecendo muito lentamente nos adaptamos a elas e nem as percebemos.

O processo global de industrialização que teve lugar no século XX mudou dramaticamente a atmosfera com suas emissões de gases tóxicos. A chamada chuva ácida, um subproduto da queima de carvão ou derivados de petróleo e emissões de sulfetos e óxidos de nitrogênio das industrias tem lugar no mundo todo e concentra-se nas áreas urbanas, corroem os monumentos e pontes,  destrói a pintura externa, os bosques, causa damos à vida marinha e aos solos cultivados, transforma a água potável em tóxica e reduz a visibilidade. As chaminés contaminantes de milhões de fabricas indiferentes ao dano que causam, modificaram as temporadas de chuvas, as estações do ano e o clima.

Tudo isso deu lugar ao aparecimento do 'Efeito Estufa'  e o "Aquecimento Global" pois a concentração de CO2 que fica flutuando na atmosfera  reage quimicamente com dióxidos aumentando a temperatura. O ar que respiramos está cheio de partículas de monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio e metano, produtos resultantes da combustão de gasolina no motor de milhões de automóveis e de milhares de usinas térmicas e de geração de electricidade em todo o mundo.

A depredação de selvas e florestas para terras de cultivo ou para ampliar as cidades tornou-se uma prática comum. Os bosques que purificam o ar ao transformar gás carbônico em oxigênio, são incendiados. O ser humano não é consciente do mal que está causando ao planeta, nem que é preciso plantar para repor a vegetação que consome. 

O planeta transformou-se num grande depósito de lixo. Enviamos contentores com resíduos radioactivos para o fundo do mar, carregamos navios inteiros com substancias não-degradáveis, já não falando das marés negras causadas pelo derramamento de petróleo dos grandes petroleiros cujos acidentes ocorrem periodicamente.

As variações climáticas, conseqüência das relações danosas do ser humano e das mudanças do comportamento do sol, produzem uma alteração das chuvas, diminuem sua intensidade, quantidade e regularidade. O aumento da temperatura produzirá fortes ventos, furacões e tufões.

Os furacões são tormentas gigantescas e violentas, um redemoinho de destruição e morte. São chamados de FURACÃO em homenagem ao deus do mau dos aborígines do Caribe. O furacão Mithi e os fenômenos associados ao El-niño são evidencias da tendência para grandes desastres causados pelo clima.

O sistema hídrico é fundamental, pois cerca de 70% da superfície do planeta está coberta por água. Com o aumento da temperatura, diminui a humidade relativa do ar que trará como conseqüência menos nuvens e maior exposição ao sol, agravando assim o problema, assim será evaporada a água dos solos, produzindo muitas secas e grandes incêndios em todo o planeta, o falto d’água produzirá grave inconveniente à vegetação, reduzindo seu crescimento e diminuindo consideravelmente o tamanho das colheitas. 

Ao reduzir-se a quantidade de água das chuvas, diminuirá também o fluxo dos açudes e lagos, criando sérios problemas à fauna da terra.

Tudo isso causará um forte impacto na economia, haverá desabastecimento e muitos produtos que dependem do clima como a água, as folhagens, os cereais, os pescados e a geração de energia eléctrica terão aumentos vertiginosos de preço, serão épocas de racionamento e haverá grande descontentamento social, aumentará o numero de pragas, insectos e doenças tropicais como a malária.

O comportamento do ser humano será crucial para suportar o aumento geral da temperatura causada pela sua própria conduta inconsciente e depredatória.
Os Maias sabiam do Aquecimento Global e das conseqüentes catástrofes que aconteceriam - forçando o ser humano a se sintonizar com o Criador, consigo próprio e com a Natureza ou a ter que enfrentar o Caos, a destruição e a morte que se sucederiam.

Os Maia foram uma cultura eminentemente astronômica. Conceberam o ser humano como uma projecção de energia. Eles nos deixaram seus estudos nos calendários mais precisos de todas as civilizações da Terra, os quais são a base de suas profecias.
Vejam também:

As 7 Profecias Maias é outras Profecias

Continue lendo...

Mais Populares

 
Copyright © 2016 ORIGINAIS OADM • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top