Projeto Livro Azul - Investigação sobre OVNIs



A Força Aérea dos E.U.A. ativamente investigou aparições de OVNIs baseada num projeto chamado Projeto Livro Azul (Project Blue Book). O programa começou em 1947 e terminou no dia 17 de Dezembro de 1969. O Projeto Livro Azul investigou 12.618 aparições de OVNIs e 701(5.6%) destas aparições continuam não-identificadas. Críticos acham que as investigações feitas das aparições de OVNIs eram de feitas de forma errada e não cientificamente. 

Os críticos acreditam que o Projeto Livro Azul foi criado como uma mera campanha de relações públicas pelas Forças Aéreas americanas para acalmar o medo do público em relação aos OVNIs. Os críticos ainda acreditam que a principal meta do projeto era esconder a verdade sobre os OVNIs.






Os resultados finais do Projeto Livro Azul foram: 



Nenhum OVNI encontrado, investigado e distinguido pelas Forças Aéreas nunca foi indicação para o uso de nossa segurança nacional nunca houve evidências encontradas ou descobertas pelas Forças Aéreas as aparições "não-identificáveis" representam o desenvolvimentos tecnológicos ou princípios que passam pela marca de conhecimento científico moderno nenhuma evidência indicou que as aparições possam ser consideradas como veículos extra-terrestres.





O Projeto Livro Azul determinou que as aparições de OVNIs foram o resultado de: uma leve forma de paranóia em massa indivíduos que inventam tais relatos apenas pela publicidade pessoas psicopatológicas erro na identificação de vários objetos comuns 



Projeto Livro Azul foi a continuação de antigos projetos militares para a investigação do fenômeno OVNI - como o Projeto Sign e Projeto Grudge. O quartel general do projeto era em Wright-Base da Força Aérea de Patterson. A missão do Projeto Livro Azul era investigar o alarmante número de aparições de OVNIs e tirar uma conclusão que consistisse na resposta de pergunta: "Qual é a origem dos OVNIs?". 

O Secretário das Forças Aéreas dos E.U.A. Robert C. Seamans, Jr., terminou o projeto porque as Froças Aéreas dos E.U.A. não conseguia mais justificar o projeto para o departamento de segurança nacional nem para departamento de estudos científicos. Depois de fechar o Projeto Livro Azul as Forças Aéreas dos E.U.A. não demonstra mais o mínimo interesse nas aparições de OVNIs. 

Críticos acreditam que os membros do Prjeto Livro Azul esconderam a verdadeira estória sobre s OVNIs. Desde que o documento divulgado foi o de número 16, eles se perguntam o que aconteceu com o número 15. O programa utilizou pobres métodos de procura e os seus investigadores eram muito impulsivos para marcar uma aparição misteriosa como um 'fenômeno identificado'. O objetivo do Projeto Livro Azul era de explicar cada caso como 'identificado'mesmo que não houvesse nenhum tipo de evidência suportando a explicação. Os críticos acreditam que os membros do Projeto Livro Azul foram pressionados para 'identificar'as aparições de OVNIs para deixar o público calmo. Esta teoria foi comprovada com a recente divulgação de documentos atravéz da CIA. Eles também dizem que qualquer relato que não fosse explicável de qualquer forma e que fosse causar a atenção do público nunca foi incluído no Projeto Livro Azul. Eles dizem que estes relatos foram tranmitidos para uma autoridade superior que nunca divulgou estes resultados para o público. 

Os críticos acreditam que mesmo assim o Projeto Livro Azul, sendo uma campanha de relações públicas das Forças Aéreas dos E.U.A., foi incapaz de identificar 5.5% dos casos. O que era o OVNI nestes casos? Será que estes casos deveriam receber um estudo mais aprofundado? Será que algum destes casos possa selar a maior descoberta do ser humano? 

O Prjeto Livro Azul era suposto por um fim no debate sobre OVNIs, porém apenas intensificou a controvérsia. 


Investigar OVNIS 


O Projeto Livro Azul foi criado em 1952 para investigar as constantes visões de OVNIS que ocorriam nos EUA naquela época. Ele é considerado um dos maiores projetos criado para investigar fenômenos de natureza extra-terrena. Durante as décadas de 50 e 60, o Projeto Livro Azul investigou e relatou centenas de casos ufológicos. Contudo, nenhum de seus relatórios mostrou que os métodos de pequisa podiam ser seguros para negar a existência de OVNIS, senão para gerar dúvidas sobre aqueles casos em que houve uma perspectiva excelente de contato. É neste ponto que se criam as dúvidas sobre o Projeto. Aqueles casos em que ele classificou como possível o contato, não seriam eles verdadeiros? Não seria o Projeto um instrumento para criar confusão entre as opiniões científicas da época? Por que alguns relatórios não foram tornados públicos? Cabe ao internauta, agora, pequisar e tirar suas próprias conclusões, de nossa parte tentaremos recolher o máximo de informações possíveis para o discernimento do amigo. Boa Leitura...






09 OBJETOS NO AR 



Em 24 de junho de 1947, um piloto comercial, especializado em vôos de montanha, sobrevoava em seu avião o Monte Ranier, Estado de Washigton EUA,. Eram aproximadamente 15H quando o piloto observou 9 objetos em forma de pratos, de cor prateada a cerca de 9500 pés de altura. Os objetos voavam em forma retilínea. Um após ao outro, formavam algo ao parecido como uma corrente; alguns desses piscavam ligeiramente. O piloto acompanhou-os por cerca de cinco milhas. A classificação data pelo Projeto Livro Azul foi de aparente confiabilidade. 

GOWEN FIELD 

Por volta das 13H, vários observadores de terra, entre eles três membro do Esquadrão de Caça da Guarda Nacional americana, e um piloto particular avistaram um objeto em forma de moeda e de cor negra por cerca de 15 segundos; o objeto realizou várias manobras ziguezagueando en quanto subia, manobra pouco provável de ser realizada para as aeronaves da época. O piloto da aeronave em vôo pôde filmar por cerca de 10segudos a manobra do objeto. Esses depoimentos foram considerados bons em todos os seus elementos pelos oficiais do Projeto Livro Azul. 

BASE AÉREA GOOSE 

O piloto da Real Força Aérea Canadense avistou no céu de Labrador (Canadá), por volta 1h28min, um objteo em forma de estrela, de cor branca-azulada e vindo em sua direção. A aproximação foi ao ponto de o objeto plainar verticalmente sobre a testemunha por cerca de 25 minutos. No relatório de investigação da Força Aérea Norte-americana constou que não havia nenhuma hipótese de se tratar de outro avião ou um satélite, pois não havia nenhum registro de aeronave na região no momento do contato e o satélite possível para avistamento não poderia ter-se deslocado na velocidade com que foi vista pelo piloto, pois não existia registro dessa velocidade nos órgãos que controlam os satélites nos EUA. Classificado pelo Projeto Livro Azul como excelente confiabilidade no testemunho do piloto. 

BASE AÉREA DE RICHARDS 

"Primeiro o objeto apareceu no 'Cinto de Órion' e se delocou em arco até sudoeste, passando a 1 grau ao sul de 'Sírius' antes de sumir no horizonte". Essas são as palavras do major da Força Aérea dos EUA e repetidas pelo engenheiro da Link, ambos astrônomos amadores. Em abril de 1960, no Estado de Missouri, os dois avistaram este objeto por volta das das 8h25 e por cerca de 2min. O Projeto Livrou Azul observou que a velocidade do objeto poderia ser grande devido a distância que separam a constelação e a estrela. Confiabildade do testemunho: excelente.



LEIA A SEGUNDA PARTE:

Projeto Livro azul OVNIs - O que constituiria uma prova?


Continue lendo...

Os Greys, alienígenas entre nós!

Os Greys, alienígenas entre nós!
Desde quando é porque?
ufo 18
Continue lendo...

Algumas teorias de conspiração

Para quem ainda não sabe, teoria da conspiração é uma teoria que supõe que um grupo de conspiradores está envolvido num plano e suprimiu a maior parte das provas desse mesmo plano e do seu envolvimento nele. O plano pode ser qualquer coisa, desde a manipulação de governos, economias ou sistemas legais até à ocultação de informações científicas importantes ou assassinato.

As dez maiores teorias da conspiração1. A chegada à Lua é uma montagem televisiva da NASA.
As versões são quase infinitas. Contam que o escritor de ficção científica Arthur C. Clarke foi o roteirista da história ou que o diretor de cinema Stanley Kubrick dirigiu o filme da alunissagem, rodada em estúdios montados em Londres. No genial documentário francês Operação Lua, o diretor William Karel levanta diversas hipóteses e faz uma mistura de fatos reais e falsos num exercício de estilo que visa desestabilizar a história. Nos anos setenta 30% das pessoas cria nesta teoria. Hoje só 6%.



As dez maiores teorias da conspiração2. O Governo dos Estados Unidos estava por trás do 11-S.
A teoria diz que foi um auto-atentado do governo de George W Bush, para criar a desculpa de lançar uma guerra contra o terrorismo. O documentário Loose Change, criado por três rapazes entre 22 e 26 anos e com milhões de visualizações na net, converteu-se na máxima expressão desta conspiração orquestrada pelas autoridades estadunidenses, que ordenaram dinamitar as Torres Gêmeas. Esta teoria ainda diz que não nenhum avião se espatifou contra o edifício do Pentágono. Foram mísseis amigos.



As dez maiores teorias da conspiração
3. A Princesa Diana foi assassinada.
Também tem variantes. A mais popular é que os serviços secretos britânicos (M16) planejaram o assassinato para impedir uma crise na monarquia, já que Diana planejava se casar com Dodi Alfayed, o filho de um magnata egípcio. Precisamente no site de Alfayed há um capítulo inteiro alentando esta teoria




As dez maiores teorias da conspiração4. Os judeus controlam Wall Street e Hollywood.
O mundo nas avaras mãos dos judeus, um clássico desde a Idade Média, justificativa das atrocidades nazistas e com atualizações permanentes. A última, que planejaram o ataque às Torres Gêmeas como prova o fato de que nenhum judeu morreu no desastre.





As dez maiores teorias da conspiração5. A Cientologia domina Hollywood.
Cientologia é uma seita baseada na crença de que uma pessoa é um ser espiritual imortal, dotado de mente e corpo, ambos basicamente bons, que buscam a sobrevivência. A lista de celebridades que abraçaram esta religião, encabeçada pelo ator Tom Cruise, criou o modismo e a teoria.




As dez maiores teorias da conspiração6. Paul McCartney está morto.
O cantor dos Beatles teria morrido em 1966 quando seu Aston Martin foi arrastado por um caminhão. Devido ao grande sucesso Brian Epstein teria encontrado um dublê para substituir Paul. Você pode ler toda a história, aqui mesmo no MDig no tópico "O grande segredo dos Beatles".




As dez maiores teorias da conspiração7. A AIDS foi criada pelo homem.
O vírus foi fabricado num laboratório dentro de um plano genocida para exterminar à população homossexual. O Exército norte-americano, a CIA ou cientistas russos teriam ordenado a sua fabricação.





As dez maiores teorias da conspiração8. O assassinato do presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy.
Existem várias teorias sobre o assassinato e a cada dia surge uma nova. Muitas destas teorias propõe uma conspiração na qual envolveria organizações tais como Sistema de Reserva Federal, a CIA, a KGB, a Máafia, etc e etc e...




As dez maiores teorias da conspiração9. Uma raça de lagartos alienígenas mutantes domina a Terra.
Você já ouviu falar dos reptilianos? São grandes lagartos alienígenas mutantes responsáveis por todos os males da terra. A Família Real britânica ou George W. Bush estão entre eles. Dizem que esta teori surgiu depois da criação e sucesso do seriado V: A Batalha Final.




As dez maiores teorias da conspiração10. Os iluminatis dominam o mundo.
A seita ocultista fundada pelo jesuita judeu alemão Adam Weishaupt no século XVIII planejou acabar com todas as religiões e todos os governos. Pouco a pouco, os iluminati têm-se infiltrado em todos os âmbitos de poder, em governos, nas lojas maçônicas, e foram protagonistas dos grandes fatos históricos, como a independência dos Estados Unidos ou a criação do comunismo.



Continue lendo...

Espécies Alienígenas

Espécies Alienigenas
Um breve resumo sobre as supostas espécies alienígenas que são relatadas no mundo inteiro. Essas espécies são classificadas com base nos relatos de abdução.
Continue lendo...

Projeção Astral: A Verdade Amarga (Astral Projection: The Bitter Truth)

Astral Projection The Bitter Truth
“Astral travel for me is I close my eyes – they don’t close all the way – and I’m peering through a slit and this happens: the instant I close my eyes I see people and places instantly. Maybe it’s more like remote viewing.”
  • Stanley Victor Paskavich
Astral projection is defined as a willful out-of-body experience. Believed to be a form of telepathy, this concept assumes that the consciousness or soul often referred to as an ‘astral body’ is a separate entity from the physical body, and therefore able to travel outside of the body through the universe.
-
A belief that has existed throughout history, dating back to ancient times, it is one that has been discussed, debated and contested throughout the decades. At this time experts believe that somewhere between 8% and 20% of people make the claim that they have had an out-of-body experience at some stage in their lives. This includes experienced during sleep, while under hypnosis or one that comes about from nothing more than mere relaxation.
Astral Projection The Bitter Truth 01
The difficulty in quantifying whether or not astral projection exists in the world of science is the inability to actually measure the moments in which individuals state that their spirit ‘leaves’ or ‘enters’ their body. Without tracking this phenomenon there is no way to scientifically measure and assess whether there truly is a separation between body and soul, or whether they are merely experiencing a heightened dream state.
-
Susan Blackmore, author of ‘Beyond the Body: An Investigation of Out-of-the-Body Experiences’ explained that people who experience astral travel

“have been found to score higher on measures of hypnotizability and, in several surveys, on measures of absorption, [a] measure of a person’s ability to pay complete attention to something and to become immersed in it, even if it is not real, or imagined event.”
Claiming that those who identify as having out-of-body-experiences are more suggestible, imaginative and fantasy-prone, experts do advise that these individuals have low levels of drug and alcohol use, and no obvious signs of mental illness or psychopathology.
-
The question remains, then, if they are not experiencing an out of body experience, what is actually happening? It is possible that they are entering a dream state during a ‘microsleep.’ A microsleep refers to any time that an individual falls asleep for half a second to a minute, not realizing that they have done so. Often people who experience this state wake up believing that they have been asleep for minutes, or even hours, unaware that they were only sleeping for such a short time. During this time, it is conceivable that they may be having extremely vivid and realistic dreams, which are then being interpreted as an out of body experience.
-
Despite the inability to scientifically prove or disprove the phenomenon, it continues to take the world by storm, bringing in large incomes for those who are able to appeal to the believers. Mark Pritchard even offers an online course and book on how you can learn to astral travel in eight weeks.
-
While this may be entirely true, or nothing more than a money grab, it is both entertaining and harmless.  There have, however, been cases where the experience has been life-changing. While scientists continue to speculate whether they believe this can actually occur, there are limitations to science and aspects of the natural world that it cannot hope to understand. For this reason, whether it can be scientifically measured doesn’t disprove its ability to occur. It simply leaves us with unanswered questions and the amazing first-hand accounts of those who have experienced it, until such time that Science may some day catch up.
-
“[Science] is not perfect. It can be misused. It is only a tool. But it is by far the best tool we have, self-correcting, ongoing, applicable to everything”
  • Carl Sagan
Inspired by an article that appeared on Live Science
-
FONTE: ewao
Continue lendo...

Segundo cientistas da Agência Espacial Européia, um asteróide afetará a Terra "mais cedo ou mais tarde"

Segundo cientistas da Agência Espacial Européia, um asteróide afetará a Terra
Segundo cientistas da Agência Espacial Européia, um asteróide afetará a Terra "mais cedo ou mais tarde" e pode acabar com a humanidade.
-
Cientistas do (ESA) falaram sobre os riscos que a nossa espécie enfrenta quando o mundo "comemora" o Dia Internacional dos Asteróides. De acordo com especialistas, nosso planeta está em um risco muito alto de ser impactado por um asteróide que poderia trazer sobre nós efeitos devastadores.
-
Curiosamente, ao longo da longa história de 4,5 bilhões de anos do nosso planeta, a Terra tem sido repetidamente impactada por asteróides e cometas que provocaram muitos eventos de extinção na Terra.
-
Embora os astrônomos tenham identificado positivamente a maioria dos asteróides de 1 km de tamanho que representam uma ameaça para a Terra, eles atualmente estão buscando aqueles com um tamanho médio de 150 metros, pois essas rochas espaciais também podem causar danos catastróficos se impactarem a Terra.
-
"Mais cedo ou mais tarde teremos ... um impacto menor ou maior", advertiu Rolf Densing, chefe do Centro Europeu de Operações Espaciais (ESOC) em Darmstadt, na Alemanha.
-
Densing disse que "o risco de que a Terra seja atingida em um evento devastador um dia é muito alto", mesmo que tal evento não ocorra em nossa vida.
-
No entanto, especialistas advertiram que a humanidade não está "pronta para se defender" contra um objeto terrestre. "Não temos medidas de defesa planetárias ativas", acrescentou.
-
E enquanto a ameaça está lá fora, especialistas já começaram a cozinhar com planos sobre como podermos defender nosso planeta contra tais possíveis colisões. As opções são algumas e variam de explodir rochas espaciais com o estilo do filme NUKES-Armaggeddon - para vaporizá-las com lasers de tirá-las com a tecnologia do tractor espacial.
-
No entanto, para que possamos salvar a humanidade de asteróides e cometas, primeiro devemos encontrá-los. Obviamente.
-
Os astrônomos estão atentos às rochas espaciais que são classificadas em vários tamanhos variando de alguns centímetros para aqueles com um diâmetro de mais de 10 quilômetros - tamanho médio do cometa que causou a extinção dos dinossauros cerca de 65 milhões de anos atrás.
Segundo cientistas da Agência Espacial Européia, um asteróide afetará a Terra 02
Os especialistas advertem que não nos lemos para nos defender contra os asteróides que matam dinossauros.

Os maiores impactos tendem a ocorrer a cada 100 milhões de anos, e o próximo impacto poderia significar catástrofe para a civilização humana.

Estudos recentes também analisaram por que algum evento de extinção parece se repetir.
-
Na década de 1980, os especialistas notaram que os eventos de extinção em massa em nosso planeta - como aquele que se acredita ter apagado os dinossauros - pareciam seguir um padrão cíclico. Após vários estudos, os cientistas conseguiram calcular que as extinções em massa na Terra ocorrem a cada 27 milhões de anos. Isso levantou inúmeras perguntas e as longas pausas entre os eventos fizeram que se voltassem para o universo para procurar uma explicação.
-
Os especialistas acreditam que o nosso sistema solar tem uma estrela perdedora - que eles apelidaram de Némesis, que poderia ser responsável por lançar objetos do sistema solar externo em direção ao nosso planeta. Na verdade, a NEMESIS pode até ter sido responsável por extinções em massa que têm movido a Terra por milhões de anos.
Até agora, os astrônomos conseguiram rastrear mais de 90% dos asteróides que estão na faixa de matança de dinossauros, descobrindo que até agora, nenhum deles representa uma ameaça imediata.
-
No entanto, os asteróides que matam dinossauros não são o que preocupa os especialistas como uma preocupação muito maior é o esconderijo de milhões de rochas espaciais que variam de 15 a 150 metros de diâmetro.
Um asteróide de cerca de 40 metros de diâmetro causou o maior impacto na história moderna, quando explodiu sobre Tunguska, na Sibéria, em 30 de junho , 1908.
-
O impacto de Tunguska destruiu 80 milhões de árvores em mais de 2.000 quilômetros quadrados.
-
De acordo com especialistas, os impactos do tipo Tunguska tendem a ocorrer a cada 300 anos ou mais.
-
Nicolas Bobrinsky, gerente de programa do projeto de Sensualidade Situacional do Espaço Espacial da Europa, que examina os asteróides, disse:

"Imagine que esse tipo de asteróide caísse em uma área muito povoada como ... Paris ou Alemanha, quero dizer, isso é algo que seria realmente, Realmente uma catástrofe ".
-
FONTE: ewao
Continue lendo...

OVNI - Ultra Secreto

Arquivo X - OVNI Destino terra"Extraterrestres Entre Nós". Embora o título original do documentário seja "Ufo - Above Top Secret", na versão da Video Três ele foi rebatizado como "Ufos: Uma Nova Tecnologia", com o seguinte texto no estojo: "Luzes começaram a surgir no céu sugerindo que algo observava o curso dos acontecimentos.
--
Em 2 de julho de 1947, W. W. Brazel, um fazendeiro do Novo México, nos Estados Unidos, viu suas terras invadidas pela queda de uma nave espacial. O fato deu início ao famoso Caso Roswell, onde seres pequenos, de olhos grandes e boca e nariz pequenos foram capturados e escondidos do público pelo alto comando militar americano.
-
Outros casos surgiram depois, sempre envolvendo naves espaciais de tecnologia indecifrável para o homem. Tecnologia essa que seria capaz de nos levar por todo o universo.O maior segredo sobre a face da Terra esconde um conhecimento muito além da nossa compreensão.
-
" Depoimentos de Walter Haut, Gal. John Sanford, Judd Roberts, Robert Shirkey, Thomas Jefferson Du Bose, Sappho Henderson, Wendelle Stevens, Virgil Armstrong, John Lear, J. Allen Hynek, Johannes von Buttlar, Hans Petersen, Anthony Dodd, Marina Popovich, Brian O' Leary, Bob Lazar e Thomas E. Bearden. Direção de Yin Gazda.
-
Parte 01
Parte 02

Fonte: YouTube
Continue lendo...

O Mistério da Pedra da Gávea RJ Brasil: Isto é parte de um código ou legado de uma antiga civilização?

Pedra da Gávea
O que seriam as formações rochosas em forma de uma grande face no topo da Pedra da Gávea?

-

Apenas uma forma que veio da erosão e do acaso da natureza, ou uma escultura gigante que seria parte de uma grande esfinge?

-

O que seriam as misteriosas gravações de caracteres na têmpora ou fonte da cabeça da esfinge? Seriam também meros acasos da natureza, ou tudo isto é parte de um código ou legado de uma antiga civilização?

-

Fica claro para muitos que tudo isto tem um significado, que tudo que envolve a grande rocha tente passar uma mensagem, mensagem esta que, talvez para uma civilização passada, fosse apenas uma mensagem simples e evidente.

-

Mas séculos e séculos se passaram, e talvez o que um dia já foi óbvio para uma civilização, em outro tempo, para nós hoje se tornou algo enigmático e intrigante.

-

Todo este conjunto de fatos parece acabar se apresentando como um código indecifrável.
-
Continue lendo...

PIRÂMIDES: HERDEIROS DA TRADIÇÃO PRIMORDIAL

Em nosso relatório Pirâmides proibida que explicou que a pirâmide é muito mais do que uma figura geométrica, mas representa um símbolo universal: a "montanha santa". Reunimo-nos aqui o mais significativo.
PIRÂMIDE HERDEIROS DA TRADIÇÃO PRIMORDIAL 01
image -
A Grande Pirâmide de Gizé é a última das sete maravilhas do mundo antigo ainda de pé. Seus desafiantes 147 metros de altura e mais de dois milhões e meio de blocos de pedra utilizados na sua construção, surpreendem o viajante mais experiente e cheio de aventureiros fascínio, portanto, não em vão, como disse Napoleão em 1798: "Soldados! Do alto dessas pirâmides, quarenta séculos contemplar-te! "
Um cartucho discreto com seu nome descoberto por Howard Vyse em 1837 ligada a Quéops.
A magnitude de seu "lugar de descanso final" em contraste com a única representação que possuem. Esta é uma pequena estatueta de marfim, de não mais de 7 cm. É preservada em uma caixa de vidro nos corredores lotados do Museu do Cairo.
-
-
VEJA OS VÍDEOS ABAIXO:

-
Continue lendo...

A "Estrela Da Morte" Que Se Precipita Em Direção A Terra Poderia Destruir A Civilização Humana

ESTRELA DA MORTE
Os cientistas alertam para 14 estrelas errantes que foram calculadas como sendo em um "curso de colisão" com o nosso Sistema Solar. Uma dessas estrelas poderia ter o poder de acabar com a existência humana. Existe uma chance de 90 por cento de atingir os limites mais externos do seu sistema solar.

ESTRELA DA MORTE 02
Um artigo, que será  publicado no periódico Astronomia e Astrofísica pelo astrofísico Coryn Bailer-Jones,  do Instituto Max Planck de Astronomia da Alemanha, adverte sobre 14 estrelas errantes que passarão dentro de três anos-luz da Terra, mas uma delas é a nossa maior ameaça, pois Os cientistas advertem que provavelmente se tornaria nosso encontro mais próximo.
-
HIP 85605 é uma das 14 estrelas que viajam para o nosso sistema solar. Segundo os relatórios, há 90% de chance de eles chegarem às bordas mais externas do nosso sistema solar, provocando eventos cataclísmicos. Alien star-HIP 85605 - passará o nosso Sistema Solar em apenas 0,13 a 0,65 anos-luz, ou cerca de 8000 vezes a distância entre a Terra eo Sol.
ESTRELA DA MORTE 03
Uma vez que o HIP 85605 atinge as bordas externas do nosso sistema solar, os cientistas alertam para que ele entre em contato com a nuvem Oort - um concha estendida de objetos gelados que existem nos alcances mais externos do sistema solar - disparando inúmeros asteróides em direção à Terra, em algum momento entre 240.000 E de 470.000 anos a partir de agora.
ESTRELA DA MORTE 04
Se até então não desenvolvermos mecanismos de defesa apropriados, a vida na Terra poderia ser eliminada.
O estudo publicado no arXiv diz: "O encontro mais próximo parece ser o HIP 85605, uma estrela K ou M, que tem uma probabilidade de 90% de chegar entre 0.04 e 0.20 analisados ​​entre 240.000 e 470.000 anos a partir de agora".
O HIP-85605 está localizado atualmente em torno de 16 anos-luz da Terra. É um estupido anão da classe K que se aproxima do nosso sistema solar da direção da constelação de Hércules.
-
Falando ao australiano Herald Sun, o astrofísico Alan Duffy da Swinburn University disse:

"Objetos quase nunca se encontram no espaço - as distâncias são tão grandes -, mas a influência gravitacional de uma estrela é enorme, mesmo que um ano leve de distância possa atrapalhar os objetos de nuvem Oort suavemente mantidos. Mas não há dúvida de que estrelas próximas no passado desencadearam os objetos de Oort em cair em direção ao sistema solar interno ".

Mas ... esqueça os asteróides, e a radiação solar?
-
Sabe-se que as Estrelas podem desencadear tal radiação que poderia literalmente separar o DNA dos organismos vivos depois de destruir a camada de ozônio de um planeta. No entanto, Professor Duffy diz que para que algo como isso ocorrer, ele teria que ficar extremamente close-impossivelmente fim-de sua radiação e da gravidade para ter qualquer efeito direto, relata news.com.au .
-
"Nenhuma das estrelas que provavelmente se aproximarão de nós é particularmente grande ou brilhante, o que significa que elas não afetarão a Terra com seus UV ou aquecimento diretamente"  , diz ele .

"Uma estrela 100 vezes mais luminosa do que o nosso Sol teria que chegar tão perto da Terra como Júpiter para que ela fosse mais brilhante do que o Sol em nosso céu. Se é uma estrela menor, então teria que se aproximar ainda mais. Muito antes disso, a gravidade desse intruso provavelmente já teria lançado a Terra fora da nossa órbita. Felizmente nenhuma estrela está prevista chegar tão perto! "

(H / T Herald Sun - News.com.au )
Fonte:  encontros próximos do tipo estelar
Imagem em destaque: Solaris / 20th Century Fox, Star Wars / Disney
Continue lendo...

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR

Mais Populares

Seguir por E-mail

 
Copyright © 2016 REVELANDO VERDADES OCULTAS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top